Tanta coisa pra fazer

Na varanda tem garrafas de cerveja desde segunda. Hoje é quinta.

Todos os pratos estão na pia, sujos, e os copos estão acabando.

Dois copos só aqui na minha mesa. Vou cheirá-los pra ver o que era: um era guaraná. O outro é mais preocupante: algo, provavelmente doce, se cristalizou por toda a superfície interna do copo – inodoro.

Deixei a janela aberta, e o vento jogou duas folhas sulfites no chão, by the door. Como não atrapalhava pra abrir e fechar a porta, deixei por lá mesmo. Só tomando cuidado pra não pisar em nenhuma delas. Novinhas, porra!

Tem uma semana de roupa amassada em cima da minha cama. Não sei como começou, mas logo virou uma bola de neve. Parece que meu armário vomitou.

Lavei a roupa. Quando fui pendurar a roupa limpa no varal, percebi que era roupa demais pra varal de menos. Não encontrando outra solução, estendi o restante na varanda, e joguei dois pares de meias fora. Meias filhas da puta.

Em cima da cama dos meus pais estão todos meus cobertores. A manta, o edredom, o cobertor. Para todas ocasiões: frio moderado, soneca vespertina, bêbado sem camisa, etc. Peguei meus cobertores e os levei pra lá pra não desarrumar a cama. Pensando agora, talvez tenha sido uma decisão idiota.

Fiz frango ao curry. Ficou uma bosta. Fiquei tão decepcionado que tive vontade de esmurrar o frango. Frango filho da puta. Diverti-me enquanto cortava, é verdade, mas só de pensar me dá um desgosto profundo.

Falando em desgosto profundo, Corinthians caiu fora da Libertadores.

Que coisa deprimente.

Acabou o xampu, e to com preguiça de comprar mais.

Tostex em cima do fogão, abandonado.

Binóculos em cima da mesa, abandonados.

Telefone no chão, abandonado.

E eu sentado aqui, sem camisa, usando o chapéu de palha que eu roubei numa festa em Ribeirão totalmente embriagado.

Meu único amigo, que me motiva a levantar e arrumar tudo isso.

Mas me dá uma preguiça que eu vou te contar.

E o pior de tudo é que já bati uma punheta hoje.

Nada pra fazer

Leave a comment

Filed under Coitado do Manolo, Punheta, Seres Humanos Reprováveis

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s