Como conquistar uma mulher (e crianças gays) (isso é crime)

Dia dos Namorados é um dia muito romântico. Então, resolvi me empenhar de corpo e alma para conseguir uma namorada.

Sentei-me totalmente nu na sala de estar e comecei a meditar sobre como conquistar uma mulher. Depois de trinta minutos de meditação, lembrei de que eu tenho uma namorada. Mas eu não ia me deixar vencer tão fácil, então voltei a meditar sobre como conquistar mais uma mulher.

Vocês então falam:

-Ai, Rafinha, então nos ensine como conquistar uma mulher.

E eu, no auge de minha boa-vontade, direi:

-Tá bom, vai!

Porra, essa Copa não deixa fazer nada! Termina um jogo, já vem outro em seguida! E todo mundo falando sem parar dessa porra! DÁ TEMPO NEM DE IR AO BANHEIRO!

Mas falando em ir ao banheiro, falemos sobre

COMO CONQUISTAR UMA MULHER

Bom, eu não faço a menor idéia, e toda e qualquer menina com quem já tive qualquer tipo de relação foi tudo na pura cagada e nem sei como aconteceu.

É, não sei. Mas vamos a algumas dicas básicas.

Onde encontrar mulheres?

Mulher, ah, mulheres! Onde elas estão?! Se eu soubesse, estaria lá agora mesmo. E isso se deixassem. No centro de práticas esportivas, quando ia jogar bola depois da aula, eu passava ao lado dos vitrôs do vestiário feminino. Uhm. Aquele murmurinho de vozes finas, o cheiro de sabonete. Fazia minhas finas canelinhas tremerem e meus meiões escorrerem até o chão. Pura emoção. Aquele cheiro inebriante, eu andava de olhos fechados, visualizando toda a beleza do time de futebol todinho tomando banho, os corpos ensaboados, as curvas sinuosas, a pele plena e os pêlos, ah, os pêlos, Rafael ia jogar bola nesse estado. Coitado do Manolo.

Abria os olhos e espantava aquelas visões aterradoras de beleza feminina e entrava no campo de também pura tara estética do fútbol arte. Na época em que o Ronaldinho estava em seu auge, tinha um sujeito, da Poli, que jogava como o Ronaldinho. Ele era todo performático, e corria balançando os braços de forma tão exagerada que diziam que ele estava nadando. Um dos poucos caras da Poli que não eram babacas.

MAS ESTAMOS FALANDO DE ENCONTRAR MULHERES RAFINHA.

É verdade, é verdade. Uma vez encontrei uma menina lá. Era linda, linda linda. Morena, com o cabelo encaracolado preso, roupas mínimas apertadas e ia jogar bola com um sujeito de dread, da minha faculdade. O cara jogada descalço e jogava bem. Além de ser lindo. Menino era bonito, hein! E a menina jogou bola conosco, junto com o cara lindo – talvez fossem namorados – e essa foi a única vez que eu vi uma menina jogando bola conosco, e foi memorável, pois ela era uma gracinha de meu Deus.

E se você quiser uma mulher com algo a mais?!

Ah!! Agora vocês tão falando a minha língua! Quer dizer, agora eu to falando a minha língua! Yes! Que que tem a ver isso que eu to falando?!

Saindo da faculdade, tristes e deprimidos às 11 da noite, nada levantava mais meu ânimo do que aqueles seres altos por natureza e montados em high heels. Roupas mínimas, muita pele à vista, sensualidade a mil por hora, enquanto massageavam suas não curtas varas por debaixo das barras de suas saias curtíssimas, sempre de lado, sempre em movimentos de pura horizontalidade, pura sedução travesti.

Vamos agora às cartas enviadas pelos nossos leitores.

Carta 1:

Rafinha, uma menina está dando em cima de mim, mas ela é a cara do Lou Reed. O que eu faço?

Gilson Goiabeira, Santo André – SP

Bom, Gilson, primeiro, obrigado pela carta. Segundo, Lou Reed?! Uma foto do Lou Reed, pra ilustrar:

And the coloured girls say Ewwwww

Nossa. Imagina só? E pior que deve estar cheio de minas por aí que parecem com o Lou Reed. Uma vez vi uma mina no troleibus, tava com o Felipe, ela parecia o Lucio, ex-zagueiro do Palmeiras. Aqui, achei uma foto dela. Behold:

min da 1 bjo

Mas, voltando à carta do Gilson Laranjeira. Essa foto do Lucio foi só pra distrair vocês enquanto usávamos nossos moderníssimos computadores para fazer uma simulação de como seria a mulher do Gilson. Vamos à simulação:

min da 1 bjo gilson pereiras

O avanço da computação gráfica ainda me assombra.

Carta 2:

RAFINHA EU SOU SEU FÃ E SEMPRE LEIO SEU BLOG (E SEI QUE VOCÊ LÊ O MEU TAMBÉM RSRS) E EU QUERIA PERGUNTAR FICA COMIGO?

ASSINADO SEU ADMIRADOR SECRETO

Cacete. Ei, foi você que mandou essa carta?

CULPADO RSRSRS

Porra, onde você quer chegar com isso?! Já falei pra você não ficar me enchendo o saco! Eu já disse que eu tenho namorada. Esquece! Não vai rolar!

NÃO FOI ISSO QUE VOCÊ DISSE AQUELE DIA

Que dia?

AQUELE LÁ DO FONDUE LÁ EM CASA

Shhh. Ow, vai embora agora, depois a gente se fala.

Carta 3:

Rafael, gostaria que você falasse um pouco sobre crianças gays. Tenho muita curiosidade sobre o assunto, e gostaria de saber mais. Por exemplo: o que comem, como vivem, quais são seus costumes, hábitos e onde encontrá-las. Obrigado.

Pe. Israel Gomes Mesquita

Israel Mesquita?! Isso é nome de padre?! Mas vamos falar sobre esse assunto tão polêmico quanto encantador.

CRIANÇAS GAYS

Crianças geralmente são gays, exceto aquelas que não o são. As que o são, são gays, certeza. E se você tiver uma criança gay, a melhor coisa que você pode fazer para deixá-la à vontade é vesti-la da melhor forma possível e ensiná-la a ser muito cuidadosa e educada. Crianças gays são obedientes e geralmente guardarão segredo caso você tente molestá-las.

Outra forte característica das crianças gays é agir de forma totalmente efeminada. Elas não gostam de pega-pega, e geralmente têm como amigas apenas meninas gordas e feias. Evitar jogar bola é outro forte indício de homossexualidade, assim como a predileção por esportes genuinamente gays, como basquete, handebol e vôlei. (Vôlei especialmente).

POR VIR:

-Como satisfazer sua mulher!

-Quem é o sujeito que escreve em Caps Lock?

-Agora eu pergunto isso todo post?!

-O que ele e Rafael fizeram no fondue?

-E por que não chamaram ninguém?

-Cadê o Chicão?

Estas e outras perguntas não serão respondidas AMANHÃ, ALL NEW TUESDAY AT 9/8 CENTRAL, ON ABC!

(De novo essa, Rafael?! Lost já acabou, ninguém nem lembra mais dos Sneak Peeks)

8 Comments

Filed under Capitalismo, Coitado do Manolo, Duplo sentido, Futebol, Gay's the way, LOST, Maluco chato, Mulheres gostosas, Não foi bem assim, Pedofilia é crime, Que papo é esse?, Seres Humanos Reprováveis

8 responses to “Como conquistar uma mulher (e crianças gays) (isso é crime)

  1. Buba

    Cê sempre tem que meter uma gorda na história. Pq isso?

  2. stela

    que fique bem claro que eu sou a namorada! tô de ôôôlhooooo!

  3. Felipe Motta

    Porra, e aquela japinha (ou mestiça, sei lá) de vestido e sandalinha aquele dia lá na FAU? Aquela lá que se debruçou em cima do balcão e fez com que eu me masturbasse compulsivamente até hoje (na verdade, pouco mudou).

    • auha lembro-me claramente desse dia! claramente! uaha uhmmmmmm… era metiça!, de vestido escuro, as pernas bronzeadas! haha apesar de ter sido a sua fantasia, ficou marcado na minha cabeça

  4. Pingback: Balanço & Termos Mais Pesquisados « Rafael Zanatto

  5. Se uma pessoa(adulta) namora um gay(criança 12 aos ou mais) e crime?

    • Cara, provavelmente. Além de ser de péssimo gosto. (Não poste mais esse tipo de coisas nos meus comentários, por favor, senão a Polícia Federal vai bater aqui e aí já viu a confusão)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s