Flashback – Carta para o ano 2010

Sexta-feira é dia do quê?!?!?!

Flashback, manolo!

Péra… que que tem a ver esse gif?

Como diriam os especialistas:

NADA, PRATICAMENTE!

Hoje, depois de muito tempo, volto ao meu blog. E hoje é dia especial, dia de Flashback, mas não se enganem: não se trata de um Flashback comum! Não, não!

Issae, Hitler!

Vocês estão acostumados com Flashbacks de outro dia, anteontem, sexta passada, 2006, tão acostumados com aquele Rafael displicente, falando sobre nudez, masturbação, e basicamente tudo aquilo que falo até hoje. Bom. POIS, NÃO!

Hoje temos um Flashback vindo diretamente do SÉCULO PASSADO. E como se isso não fosse o bastante, podemos dizer também que é um Flashback do MILÊNIO PASSADO! Nossa, essa é pra História! Por meio deste, podemos começar uma investigação: o que comiam, o que falavam, como viviam os homens do século XX? (Pra sua informação, o século XXI já chegou, e está sendo meio bosta até agora).

Muitos de vocês ainda eram crianças em 99, muitos ainda nem bebiam, e alguns nem tinham nascido (bom, espero que esta última seja mentira).

O Flashback de hoje vem de um caderno meu de redação que minha mãe achou.

Vamos ver o que mais ele tem de bom.

Como era o Rafael de 1999, você me perguntam. E eu vos lhes digo: sei lá. Mas investigando este caderno, temos algumas informações valiosas. Pra começar, há uma pequena biografia do autor. Vejamos:

Rafael nasceu e cresceu em São Bernardo do Campo. Hoje, com 14 anos de idade, ele está na 7ª série do colégio São José, onde fez este livro de redações.

Oh! Quanto tempo! Ah, minha sétima série! Minha infância! Época de pureza, masturbação, inocência! Falando sério, a sétima série é um dos pontos mais críticos da vida masturbatória de um rapaz. Mas não falemos sobre isso.

O Flashback de hoje é uma das 19 redações do livro (acho que perdi uma aula, então não tenho as 20 desejadas), mas temos, entre elas, alguns outros exemplos da prosa incipiente, e, por que não, da filosofia desregrada daquele jovem Rafael.

Aqui, um exercício de descrição de cena, intitulado Bolinho no Pizza:

Numa bela manhã ensolarada, o garoto Pizza esperava tensamente o sinal que lhe daria a liberdade de se retirar da escola, e ir para casa, comer e refletir sobre a vida.

Mas não sabia o que lhe esperava, seus colegas, maldosos, haviam planejado um terrível e tenebroso “bolinho”

12:24 a tensão almenta, o grupo já preparado para dar o bote, e Pizza nem desconfia.

12:27 o grupo já começa a arrumar a mala.

12:29 decidem quem vai dar a resteira inicial, e Dassi é o escolhido.

12:30 bate o sinal, a turma se retira da sala e forma uma roda em volta dele, é dada a rasteira, começa o massacre, Pizza é chutado, por todos os lados, mas ele não se, abala, e sorri, mas acaba caído e ferido, foi feito o melhor bolinho de todos os tempos.

Vocês podem notar que o uso ideal de vírgulas ainda não estava consolidado na minha cabeça, e que aumenta, evidentemente, não é com l. Cuidado!

Aqui, em outra redação, temos um anúncio do que viria, uma paixão de Rafael. Trata-se de um trecho de Diálogo telefônico com a minha mãe, um texto em que Rafael é um espião infiltrado na ex-União Soviética (missão secreta num ex-país, é exatamente esse o mote), e deve voltar pra casa comemorar o dia das mães. Apenas um trecho final, quando Rafael está viajando de volta ao Brasil:

No caminho, peguei flores italianas pra mamãe, e uma camisa do Barça na Espanha pra mim.

Muito bem! Barça! Barça! Barrrrrça!

Conexão desconexa das palavras:

Chuteira – futebol – esporte – cansaço – suor – água – bebida – álcool – bêbado – sóbrio – bar – briga – luta-livre – sangue – morte – funeral – céu – inferno – diabo – fogo – fogueira – índio – floresta – rio – água – fogo

Para um menino da sétima série, no mínimo estranho oferecer uma coisa dessas para apreciação da professora de português.

Bula de Remédio:

Nome: Papipaquigráfo

Fórmula: Água, farinha, oxigênio, dobradinha, feijão, óleo de fígado de bacalhau e dióxido de carbono.

Informação ao paciente: Beba tudo de uma vez.

Informações técnicas: Contém água, cuidado, pode possuir cólera (aprendi isso em ciências, por isso sou um médico famoso hoje).

Contra-indicações: Não tome durante a TPM, pode descer as tripa.

Indicapo para: Dores musculas de cabeça, febre, arranhões, cortes, mutilação, dor de barriga, cisco no olho, mau hálito, cera no ouvido, surdez, fraturas expostas (atenção, só esportistas, senão as tripa desce), vontade de chorar, ponta de lápis quebrada, tv bifada, rádio sem pilha, ataque cardíaco, cd riscado, para aparelhos que comem suas fitas, carro roubado, computador quebrado, prova de matemática sem estudar, e acima de tudo para evitar conversas comigo.

Este último é um clássico, praticamente um resumo do universo criativo rafaélico. Vários temas recorrentes até hoje: a crítica social (do médico famoso), a vontade de cagar (dor de barriga), conexões sem sentido, e, especialmente, o comportamento anti-social.

Agora, crianças, o Flashback em si. De certa forma, é também um Flashfoward, e ainda mais: uma sentença. Nem comentarei o teor das declarações do Rafael do Passado, mas digamos que sua maldição paira sobre o Rafael do presente, e decide o caminho do Rafael do Futuro. Com vocês:

CARTA PARA O ANO 2010

Data estelar: 01/10/2010

21:25, terça-feira

Caro Ronaldo,

Como vão as coisas aí? Você arranjou um emprego? Pois eu continuo vagabundiando, espero que você também. Você arranjou um lugar pra morar, pois eu não. Continuo morando no hotel. Minha vizinha é uma gostosona, mas eu acho que ela vai se mudar, pois o hotel é um lixo. Tô pensando em me mudar e arranjar um apê, mas as coisas tão “soda”.

E você, arranjou uma mina? (Acho que não)

Falô, a gente se esbarra,

Rafael

Ps.: Te vejo amanhã no café da manhã, lá na recepção.

Leave a comment

Filed under Beatles, Duplo sentido, Escrever, Flashback, Futebol, Mulheres gostosas

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s