Diálogos

-Põe na MTV.
-O que tá passando?
-Põe na MTV.
-Mas o que tá passando?
-Põe na MTV rápido!
-O que é?
-Já foi.
-O que era?
-Cabou já.

O primeiro rapaz é um idiota. Ele quer porque quer que seu amigo coloque na MTV, mas não revela a razão. Será um clipe raro? Briga ao vivo? Alguma gostosa? Por que ele se nega a dizer o que é? E o segundo rapaz, por que não coloca na MTV e acaba com isso de uma vez por todas? Porque ele está batendo punheta. Mas tá certo isso, punheta às 3 da tarde? Tá. A mãe dele foi ao mercado e ele achou oportuno bater aquelazinha.

*

-Tá deixando a barba? [Tá horrível]
-To. E aí, gostou? [Tenho alguma chance?]
-Prefiro sem. [Prefiro meu namorado]
-Vou tirar então. [Faço qualquer coisa se você deixar eu te chupar]
-Tira, tira. [E fica longe de mim]

A menina queria apenas provocar o feioso, mas viu que o pobre coitado é um poço de lama do qual ela tem dificuldades em se livrar. Nota mental: nunca mais falar com esse seboso.

*

-Me dá uma carona?
-Não. Até onde?
-Até ali, na minha casa.
-Não.

O cara que está pedindo é muito folgado, pois ele mora logo ali e está é com preguiça de ir andando. E o outro cara: por que pergunta “até onde” se ele já negou a carona? Porque o folgado preguiçosão tem uma irmã gostosinha. Mas esse esquema da carona nunca deu certo nem nunca dará – ela não lhe dá a menor bola. Ele apenas alimenta falsas esperanças quando pergunta “até onde” seria a carona. Não estaria na hora de ele desencanar da irmã gostosinha do colega? Além do mais, ela tem 13 anos!

*

-O que você quer beber?
-Cerveja.
-Qual?
-Qualquer uma, porra.
-Calma.
-Pede logo.
-Qual?

Escolher cerveja é coisa de boiola (sem homofobia, só não curto veadagem).

*

-Gostei dessa blusa. [Tinha esquecido como você é gostosa]

Vocês não conseguem ver daí, mas a mina é realmente muito gostosa. Tem a cinturinha fininha e uns peitos muito bons. E essa calça tá fazendo um estrago!

*

-Se eu fosse uma mina, eu seria mó vagabunda.
-Tipo a sua mãe?

Típica piadinha desse sujeito da língua afiada. Pode parece legal assim, vendo uma só, mas o problema é que ele fala isso toda hora. E quando não está fazendo piadinhas, é totalmente inconveniente. Por exemplo: outro dia, num churrasco de aniversário de um amigo seu, o pai do aniversariante chegou oferecendo: “Quem quer lingüiça?” e o rapaz deu um sonoro “Hihi”, e logo emendou “Você”. O pai do aniversariante, acontece, é gay, e faz pouco tempo que se assumiu. Foi bem traumático pra toda a família. A irmã mais nova do aniversariante ainda tem graves crises e está indo ao psicólogo. Pra você ter uma idéia.

*

-Tá vendo aquela menina ali?
-Uhm.
-Bundinha arrebitada.

Por que ele foi dizer isso pra namorada? Não bastava ele ter trocado carinhos muito animados com sua ex-namorada no dia anterior? E mais: o que ele está fazendo bebendo às 11 da manhã de um domingo?

*

-Você viu a namorada do Pedro ontem?
-Vi. Que que tem?
-Você… não achou que… ela tava muito gostosa?
-A gente fala sobre isso agora?
-Num sei, pode?
-Acho que pode. O Pedro nem é tão amigo nosso assim.
-É, ele é mais amigo dos moleques.
-Tava muito gostosa!
-Ela é gostosa pra caralho!

Ela é realmente muito gostosa mesmo. E todos os moleques ficam de olho (inclusive os amigos do Pedro). E o Pedro nem gosta tanto dela, gosta? De qualquer forma, é melhor abrir o jogo e traçar limites, né? Porque, senão, o pessoal vai pagando pau pra mina alheia na surdina e, quando viu, tão um passando a mão na bunda da namorada do outro. O que não seria uma má idéia, mas tem de avisar as meninas primeiro, né? Pelo amor de Deus, garotada, Dia da Mulher foi outro dia e vocês vão dar uma dessas?

*

-Essa sua blusa é o máximo. [Eu quero te chupar]
-Quem te deu permissão pra pegar na minha barriga?
-Só queria ver onde tá seu umbigo. [Onde tá sua boceta]

Quando um cara elogia a roupa de uma menina, com certeza ele tem segundas intenções. Afinal, quem sequer olha pra roupa de uma menina quando não a está imaginando totalmente nua, peladinha mesmo? Não é verdade? Costumam dizer que “em tal menina, toda roupa cai bem”. Isso quer dizer que tal menina é bem gostosinha mesmo, e que ficaria esplêndida pelada.

*

-Ontem saí com uma mina.
-E aí?
-Ela nem era tão gostosa.
-Só…

A mina nem era tão gostosa. Por que, então, ele tocou no assunto? E mais: por que ele foi falar isso pro cara que organiza a entrada do vagão especial do metrô? E o cara até que foi receptivo, não foi? Será que eles são amigos? E quem conhece alguém que trabalha no metrô? Eu conheço. Acontece que é bem comum trabalhar no metrô. Aliás, sabe uma coisa que é comum de trabalhar no metrô? Ninfetinhas. Toda estação tem pelo menos duas, sempre menores de idade e bonitinhas que viu, vou te dizer.

*

-Mano.
-Uhm.
-Aquela mina ali.
-Uhm.
-Ela é muito dahora.
-Uhm.
-Ela pegou no meu pau.
-Uhm.
-Vou lá então.
-Falou.

A mina pegou no pau dele. E daí? Eles estão num puteiro, caralho! É isso que as minas fazem num puteiro! E por que ele foi amolar seu amigo, que estava recebendo uma famosa gulosa? Aliás, que termo, hein? Gulosa. Que coisa mais absurda. Mas você prefere o quê? Boquete? Pelo amor de Deus, né. Pepeta? Aí também não. Bem, independentemente do nome que se dê, vai sair 20 reais. Muito barato por sinal. Será que ele está usando camisinha? Não, até porque não teria graça, não é? Mas então, um boquete de 20 conto sem camisinha. O que esse cara quer?

*

-Gostei do botão da sua calça. [Quero-te-chupar]

Esse cara tá bêbado, alguém segura que ele vai fazer merda já já.

*

-Sutiã combinando com a calcinha, é? [Quero te ver pelada]
-Aii, como você sabe? [Aii, seu tarado]
-Ah, eu to ligado, né! [Peladaça!]

Totalmente tarado esse cara, e pior que ele observou muito bem. Já tinha visto a calcinha da menina antes, por debaixo da saia. Agora, viu o sutiã, ligou uma coisa à outra e está jogando essa idéia torta na menina. Vai dar certo? Tomara, porque a mina é bem dahorinha. E ela sempre dá meio mole – além do mais, tá meio bebinha também, o que ajuda. Só tomar cuidado pro rapaz não beber demais, porque ele tá a duas cervejas de vomitar as tripas e não são nem duas da manhã.

2 Comments

Filed under Bunda, Coitado do Manolo, Crise!, Gay's the way, Maluco chato, Mulheres gostosas, Pedofilia é crime, Peitos, qq isos morena, Seres Humanos Reprováveis

2 responses to “Diálogos

  1. FASM

    “Quem quer lingüiça?” e o rapaz deu um sonoro “Hihi”, e logo emendou “Você”. O pai do aniversariante, acontece, é gay, e faz pouco tempo que se assumiu. Foi bem traumático pra toda a família. A irmã mais nova do aniversariante ainda tem graves crises e está indo ao psicólogo. Pra você ter uma idéia.”

    HAHAHAHAHA
    esse texto foi muito bom demais, Fafá. Valeu.

  2. Belos diálogos [não Tô imaginando vc pelado]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s