Segunda-feira

O menino de vermelho tirou o guarda-chuva que protegia a cestinha da bicicleta e o jogou no chão. Remexeu, pegou mais um chocolate. Chegou outro, de bermuda. Mas nesse frio. Começava a garoar, olhei pelo retrovisor e eles ficaram pra trás. O taxista, um italiano com o nariz tão amassado que quase chega à boca, bateu na minha perna, me dando um susto: “Rafiinha! Pra onde vamos hoje, Rafinha?” Eu ri, de terror. Pensei, claro, este homem vai me matar.

“Você gosta?”, perguntou, apontando pro rádio com o queixo. “Isso aí é ‘Outra Vez’, do Roberto”, eu disse, meio perguntando, olhando pela janela. Ele tirou o CD como que sem saber o que fazia e me mostrou, sem falar nada, com a boca aberta. “É italiano”, disse, depois de um tempo, e botou o CD pra tocar. Claro que é italiano, caralho, mas a música é a mesma. Resolvi te querer por querer. “Você não faz a barba, Rafinha?” Esse cara é um pesadelo. “Não, não faço.” “Você não penteia o cabelo, Rafinha?” “Não, não penteio.” “Rafinha, você tem namorada?” “Não, não tenho”. Uma mulher qualquer atravessa a rua. “Bucetão”, ele diz, me olhando de lado, esperando uma resposta. “É, eh…”

Subimos o viaduto fumando e cantando “Nel Blu Dipinto di Blu” a plenos pulmões: “Vooooolare –o-o-o-oh! Caaaaantare-o-o-o-oh!” Ele morre de medo de que o peguem fumando no carro, então não deixa que eu fique com o braço pra fora. “É a maior multa que tem”, ele diz. Eu posso estar por fora dessas coisas, mas não faz sentido. “Proibiram fumar dentro de carro?” Ele me olha, a mão assustada com o cigarro escondido, balança a cabeça e diz com seriedade: “A maior multa que tem”.

Paramos no farol, pessoal atravessando a rua, as meninas em calça de ginástica. “Tem várias gostosinhas aqui”, eu digo. Aí eu percebo e me corrijo, com peso na consciência, “É tudo molecada de escola…”

mas que são gostosa são gostosa

“Você gosta, Rafinha?”, ele pergunta, apontando com o queixo pra uma mulher de calça branca na calçada. “Gosto, claro.” Ele sorri e pisca pra mim: “Porque tem gente que não gosta, né?” Difícil saber aonde esse taxista quer chegar.

As pessoas preocupadas em derrubar o capitalismo e eu rodando com um ex-pugilista maluco. Ele começou: “Me deram o telefone dessa morena e dísseram ‘Ela é a sua cara’. Joguei o número dela aí e deixei. Um día, tava fazendo nada, encontrei, liguei e marquei com ela, lá no bar Brahma. Ãã, tomamo uns chopps, levei ela pro motel. No caminho ― não tava com esse carro, tava com outro ― um Monza verde vindo atrás de mim, me liguei que tava me seguindo. Farol ficou amarelo, fingi que ia parar mas passei, despistei o cara. Fudí pra caralho. Morena gostosa, fudemo pra porra. Combinei de sair outro día, saímo: o mesmo Monza seguindo a gente. Falei ‘Que porra é essa?’. Despistei o cara e fudí, beleza. Saímo uma terceira vez, o mesmo carro me seguindo. Dei um jeito e dei um perdído no cara. Chegando no motel, perguntei ‘Vem cá, fala a verdade, tem um Monza me seguindo’ ‘Aí, que deve ser impressão sua’ ‘Impressão minha nada, o mesmo carro me seguindo já três día’. Ela falou: era o marído, que só sentia atração por ela quando via outro fudendo a mulher dele. Fudí de novo mas pensei ‘Tá loco ficar com uma dessa’.” Pegou uma pinça no cinzeiro, me piscou um olho e aproveitou o farol vermelho pra fazer a barba. “Eu faço aqui só”, mostrou as bochechas e o queixo. “Aqui não, que dói”, o bigode. A pele lisinha, encontrou um pêlo e puxou. Me olhou, piscou. “Vou fazer a sua também, Rafinha.” E soltou uma gargalhada me ameaçando com a pinça.

Desci do carro e agradeci. “Valeu, Rafiiinha”, ele gritou, fazendo jóia enquanto arrancava, a música italiana arrebentando lá dentro. Arregalei os olhos, entrei no restaurante e sentei-me à mesa. “Me vê uma cerveja e o cardápio.”

Leave a comment

Filed under Bunda, Maluco chato, Mulheres gostosas, Não foi bem assim, Pedofilia é crime, Que papo é esse?, Seres Humanos Reprováveis

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s